segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

VOCÊ ESTÁ ME PERDENDO... (Cláudia Barbosa)

"Você está me perdendo...
Com esse jeito frio de me amar
Com esse jeito frio de me acarinhar
Com esse comportamento distante
(...)
Com essa distância constante
Com frases prontas
(...)

Você está me perdendo...
Você está me deixando solta
Você está me deixando vulnerável
Você está deixando um espaço entre nós (...)

Se (...) eu estiver distraída, me balança, me desperta
Não me trate como brinquedo
Não me trate como objeto
Não me trate como uma qualquer
Me desperte para a realidade

Não sinto (..)sua atenção (...) seu amor (...) você
Não me sinto parte da sua vida
Não me sinto parte de você
Me esforço, dou sinais
Tento me envolver
Tento saber
Tento falar
Tento ser amiga
Tento me interessar
Tento, tento, tento...
Mas (...) você me afasta (...)
Da sua vida, dos seus amigos, da sua família
Ninguém sabe que eu existo?
Por que isso? Não consigo entender...

Você não compreende, ou finge não compreender
Que estou carente de afeto
Que estou carente de atenção
Que minhas necessidades estão mais aparentes
Você não compreende, ou finge não compreender
Que palavras apenas não resolvem
Que palavras apenas não me satisfazem mais
Você não compreende, ou finge não compreender
Que eu preciso de alguém
Que me envolva, que me deixe protegida
Preciso de alguém
Que faça sentido pra mim
Preciso de alguém
Que precise de mim
Preciso de alguém
Que me faça sentir que não sou mais uma
Que me faça sentir que sou especial
(...)
Que se importe comigo
Que se preocupe com o que sinto
Que se preocupe com o que quero
Que se preocupe com o que preciso
(...)
Tenho vontade de gritar...
Tenho vontade de reagir...
Mas não sou assim, não faço isso
E é por isso que você nunca vai saber que está me
perdendo (...)

(...)
Você não demonstra sua paixão
Você não demonstra seu amor
Você não demonstra sua saudade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário é fonte de incentivo...não deixe essa fonte secar! Comente!

Postar um comentário